Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Zé Gato, sem tento na língua, em entrevista...

05.05.09

 

"colocaria o Zé Gato como guarda-redes titular"

 

Com 27 anos de Idade feitos no inicio desta época e estando a poucos dias de vir a ser pai, Bruno Freitas, o nosso "Zé Gato", deixou a baliza da ARSQS escancarada para subir no terreno e desferir-nos um conjunto de respostas.

Será que ele tem jeito para o ataque? Ora vejam!

 

Conta-nos como foi a tua “aterragem” na ARSQS? 

Já não me lembro do ano mas ainda foi no PowerSoccer.

Jogava eu, o Carlos, o Higuita, o Luís e o Deco.

Já na altura era uma grande equipa... LOL...

 
 

Se fosses o Mister da ARSQS, colocarias o Zé Gato como guarda-redes titular? Quem é para ti o melhor GR da ARSQS? 

Claro que colocaria o Zé Gato como guarda-redes titular, assim como noutros jogos punha o Higuita e noutros o Rodolfo.

A posição de Guarda-redes é como qualquer outra posição de campo. Todos nós temos altos e baixos, semanas em que estamos mais em forma e outras menos.

E tudo depende muito do factor psicológico e da maneira como um jogo corre.

 

 

O que te difere do Higuita e do Rodolfo?

Penso que não existem grandes diferenças entre nós os três, para isso basta avaliar o rendimento defensivo de todos nós e a nossa média é toda muito parecida.

Todos nós temos capacidades de melhorar, eu sinto falta claramente de treino especifico para guarda-redes.

 
 

Achas justo este sistema de rotatividade dos guarda-redes na ARSQS? 

Acho claramente justo.

Se não fosse assim era altamente desmotivador.

Claramente que esta rotatividade não pode alterar o rendimento da equipa, mas como isso não tem acontecido penso que até tem sido importante para todos nós, para ganharmos experiência em jogos a valer.

Mais ainda, tenho que realçar que somos a defesa menos batida da nossa liga.

 

Sendo que pela posição onde jogas tens uma visão privilegiada dos acontecimentos dentro do campo, achas que o sistema de jogo adoptado pela ARSQS esta época é o mais indicado, ou farias diferente? 

Claramente que é o mais indicado, como o tipo de treinos e a quantidade que fazemos não é possível nem ao treinador nem a nós aplicarmos outro estilo de jogo.

Para tal seria necessário um maior empenho da nossa parte e aceitarmos um tipo de treino mais táctico com o qual não estamos habituados.

 

 

Foste “Mister por um dia” há poucos dias atrás, qual a sensação e qual a responsabilidade? Qual a parte positiva e parte negativa dessa experiência? 

A sensação é espectacular, é muito bom mesmo, principalmente porque conseguimos ganhar, é uma emoção é uma vontade enorme de querer entrar lá para dentro.

A responsabilidade é imensa também e sente-se isso, saber que podes estar a fazer uma opção errada ao tirar um jogador e colocar outro.

Saber que podes influenciar claramente o jogo só por fazer um alteração é um misto de expectacular e terrorifico.

A parte positiva é ver a vossa imensa vontade de jogar e de ajudar a equipa, é bom ver jogadores a sair do campo para serem substituidos e ficarem chateados.

Isso só quer dizer uma coisa (lá vêm 3), que o jogador é empenhado, que tem imensa vontade de jogar e de ajudar a equipa.

O negativo está relacionado com não ser possível colocar a jogar todos os jogadores 40 min.

Essa gestão é muito interessante.

 

 

O que mudarias na ARSQS, na próxima época? 

O logotipo. Risos... Claramente que este deve ser mudado, pelo menos eu não me revejo no mesmo (também era difícil. LOL). Quanto ao nome também gostaria de nos ver com outro nome mas é mais difícil, já estamos habituados a ser ARSSSQS ou a ARSQQS. Risos.

 

 

Qual foi a tua melhor e pior fase na ARSQS? 

Melhor fase, claramente esta que estamos a viver,  temos um grupo espectacular e a época está a correr muito bem. Para ser 100% era mesmo ganhar o campeonato.A pior fase foi quando me lesionei no joelho e tive que parar mais de 6 meses.

 
 

O que achas que falta para podermos ter uma equipa federada? (Além do dinheiro, claro hihi) 

Mais treinos. Outras metodologias de treino. Talvez mais um ano a jogar a este nível e estamos prontos para dar o passo.

 
 

Sentes que o plantel tem qualidade suficiente para aguentar uma liga federada? 

Penso que sim, somos muito fortes colectivamente, temos uma defensiva poderosa e um contra-ataque letal. Necessitamos de mais treino, de saber jogar com as faltas, com o tempo de jogo, circular a bola...

 

 

Qual é para ti o ponto forte da ARSQS? E o ponto menos forte? 

O ponto mais forte é o grupo que nós temos, o menos forte é a desconcentração nos treinos, o que por vezes se denota nos jogos. E ainda necessitamos de melhorar o nosso jogo psicológico.

 
 

Qual é para ti o jogador mais importante da ARSQS? 

Nesta época o Paulo está imparável. Mas estou com grandes esperanças no Selas para o próximo ano. ;)

 

 

Enumera quais as virtudes e os defeitos individuais, numa só palavra, dos teus colegas de equipa? 

  • Higuita - Completo / Passividade
  • Marcelo - RaçaJogar simples
  • Sérgio - Toque de bola / Entrosamento com a equipa
  • Carlos - Colocação no terreno de Jogo / Rapidez
  • Ricardo - Persistência / Jogo psicológico
  • Luis - GarraJogo defensivo
  • Deco - Posicionamento em campo / Garra
  • Marto - Explosão / Inteligência defensiva
  • Mário - Poder físico / Movimentação em campo
  • Bruno Alves - Posicionamento defensivo / Técnica
  • Dani - Técnica / Posicionamento defensivo
  • Paulo - Magia / Jogar simples
  • Freitas - Potência de remate / Nervosismo
  • Turtle - Potência ofensiva / Inteligência defensiva
  • Selas - Movimentação rápida / Defesa
  • Rodolfo - Elasticidade / Falta de confiança
 

Mais do que uma vez fizeste referência no nosso blog que era necessário ter a mesma atitude nos treino e nos jogos. Achas que o empenho não é o mesmo? 

Penso que nos últimos dois jogos tem sido, mas no resto da época não foi de certeza. Nos treinos nós jogamos muito mais concentrados, parece que estamos a jogar finais. Não tiramos o pé, disputamos todas as bolas, chega a ser impressionante. Compreendo também que os nossos adversários nos treinos são mais dificeis que nos jogos. Mas isso é normal numa grande equipa ;) Risos

 

 

Porque é que reclamas tanto com os árbitros, em campo ou no banco, quando tu és o actual responsável pelas equipas de arbitragem da ARSQS? Não deverias dar o exemplo? 

Penso que não. São dois papeis completamente diferentes é importante haver uma certa pressão sobre os arbitros, não se deve cair no exagero. Mas deve-se exigir dos arbitros sempre mais. Quando vou para uma arbitragem, para mim é como ir para um jogo, quero dar o meu melhor e tentar melhorar com cada arbitragem, tento exigir isso dos outros também.

 
 

Pergunta da entrevista anterior:  “Se recebesses um convite de uma outra equipa da Liga FFA com garantia de titularidade quase indiscutivel, trocarias a ARSQS?" 

Mas pagam? É que nesta equipa eu tenho de pagar 22,70 € todos os meses. Se me tirarem esse fardo de cima tanto melhor. Sabem quanto custa um pacote de fraldas? ;)No momento actual e com este projecto em mãos claro que não trocava.

 

 

Queria pedir-te que deixasses aqui uma pergunta para o próximo entrevistado. 

Quais os dois jogadores mais importantes e os dois menos importantes da ARSQS? E o que é que os primeiros têm de fazer para se manterem assim e os segundos têm de fazer para melhorar?

 

 

O que te faria desistir deste projecto? 

Os meus colegas de equipa não me quererem na equipa. É muito importante a aceitação dos outros.

 
 

No plano pessoal, sabemos que vais ser pai em breve, imaginamos que seja uma felicidade enorme para ti e para Isabel, em que medida isso vai mudar a tua vida? Já agora explica-nos a sensação que tiveste quando foste informado que ias ser pai. 

Não sei se vocês sabem mas hoje em dia ninguém informa ninguém que vai ser Pai a não ser a própria mulher. Existem uns testes de gravidez espectaculares que se podem comprar na farmácia. No nosso caso foi assim e estavamos os dois a ver quando surgiu a grande notícia. 
Foi espectacular e contínua a ser e agora é sempre a melhorar. :D
 
 
 
 
Obrigado pela entrevista e esperamos todos que tudo te corra bem
Um abraço a todos e a vitória final vai ser nossa.
 
 

Abraço

(B.A.15)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Postas de Pescada


Imprensa Desportiva

(clica na imagem para aceder à versão digital) Março 2010


Fevereiro 2010


Janeiro 2010


Guia LSF 2010/2011


calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

Pesquisar no Blog