Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Eles já apanharam o nosso sabonete!!!


Turtle, o "Hulk" da ARSQS, interrogado...

25.02.09

Photobucket

 

"...sou o Benjamim da equipa..."

 

Turtle, o jogador mais jovem da ARSQS aceitou ser sujeito ao polígrafo e respondeu a todas as questões sem hesitar...

Há quem diga que a idade é sinónimo de experiência, mas neste caso a tenra idade deste jogador não é definitivamente sinónimo de inexperiência! A sua juventude trouxe à ARSQS a irreverência e alegria de jogar… 

 

Antes de mais, obrigado pelo teu tempo, e como não poderia deixar de ser a pergunta da praxe. Sabemos que chegaste à ARSQS pela mão do Higuita, mas o que na realidade não sabemos é como foste aliciado a ingressar na equipa! Queres contar-nos como isso aconteceu? 

Como muita gente sabe, era jogador do La Paz antes de ingressar na ARSQS, queria levar mais a sério esta modalidade e então fui para a ARSQS que pelo que o Higuita me descrevia era uma instituição que levava muito a sério esta modalidade. Então experimentei, gostei do ambiente vivido dentro do campo e fora dele e decidi ficar. Depois de me dizerem as aspirações desta equipa ainda fiquei mais entusiasmado com este projecto.

 

O teu percurso futebolístico está ligado ao futebol de 11. O que te dá mais prazer jogar, 11 ou futsal? Porquê?

Futebol de 11, porque desde pequeno que o pratico, enquanto que o futsal é mais recente para mim. Gosto de futsal e ele ajuda-me no futebol de 11, mas em primeiro lugar está e sempre estará o futebol de 11. Não sei bem explicar porquê mas sinto mais paixão pelo futebol de 11 do que pelo futsal. Vejo o futsal mais como lazer, enquanto que o futebol de 11 para mim é para ser levado a sério até ao limite.

 

Sabemos que, actualmente, jogas na Liga Futuro pelos La Paz F.C.. Qual a diferença entre a ARSQS e os La Paz? E entre a Liga SuperFutsal e a Liga Futuro?

Como já referi anteriormente, a principal diferença entre o La Paz e a ARSQS é o grau de seriedade com que levam as coisas. A nível de organização, a ARSQS está mais avançada mas também o La Paz é um projecto mais recente. Em relação às ligas, a questão da organização também se aplica às ligas, mas também a Liga Futuro tem apenas uma pessoa por detrás dela enquanto estão várias pessoas por detrás da Liga SuperFutsal. A Liga SuperFutsal foi criada com muito mais antecedência que a Liga Futuro, porque esta foi quase criada à ultima da hora.

 

Em Outubro iniciaste a tua vida académica em Vila Real, o que teve como consequência imediata a impossibilidade de participares nos treinos. Sabemos que houve um acordo entre ti, a restante equipa e a equipa técnica. Contudo gostaria de saber se achas justo jogares e seres titular mesmo sabendo que alguns colegas teus vão aos treinos e iniciam os jogos no banco ou, simplesmente,  não são convocados?

Justo, justo, não acho! Mas houve uma altura da temporada em que se revelou a minha situação ao plantel e nessa altura eles tinham a possibilidade de concordarem ou não acerca desta situação especial. Todos, sem excepção, aceitaram! Portanto, a partir desse momento acho justo jogar enquanto alguns não são convocados. Mas é claro que é chato para quem não joga.

 

 

 

 

Nesta ultima gala da ARSQS recebeste o “Prémio Revelação 2008”. Qual o significado desse prémio para ti? Sendo que apenas jogaste entre Setembro e Dezembro sentes que é justo, ou achas que outro jogador merecia esse prémio?

Penso que é um prémio justo porque sou o Benjamim da equipa. É a recompensa pelo esforço imenso dispensado dentro do campo. Tem um significado especial porque é sempre bom para um jogador ganhar prémios, isso só moraliza e faz com que trabalhe mais e melhor.

 

Algumas pessoas vêem-te como um jogador essencial na manobra ofensiva da equipa, e há quem diga que a equipa se ressente quando não jogas. Tens a mesma opinião?

Não! Uma das principais características da ARSQS é o facto de não se notar a falta de um jogador em especial. Todos os jogadores têm qualidade para jogar. Este grande equilíbrio da equipa faz com que a ARSQS seja das equipas mais equilibradas do mundo FFA. É esta característica que faz as grandes equipas e a ARSQS tem-na.

 

Entramos agora na 2ª volta da Liga, e pelo que a ARSQS já fez até ao momento, onde achas que podemos chegar?

Penso que ainda há muito campeonato pela frente e se não aspirasse ao título não sei o que estaria a fazer nesta equipa. Será difícil? De certeza, se fosse fácil não teria o mesmo sabor. É uma liga muito difícil com grandes equipas mas ainda há muitos jogos e penso ser possível chegar ao nível mais alto do campeonato.

 

A ARSQS durante a época já teve 5 desaires (TRFL, Vai Avante, Mega Atlético, Coimbrões United e SolNascente). Tendo em conta que estiveste presente nos confrontos com os TRFL, Coimbrões e Solnascente, qual a tua opinião para tantos desaires?

Estes desaires são explicados pelo nervosismo e pela falta de sorte que às vezes temos nos jogos. Se entrássemos para todos os jogos concentrados e tranquilos duvido que houvesse alguma equipa na liga que nos vencesse.

 

Caso te coubesse a ti decidir, achas que existe algum sector da equipa que necessitasse de ser reforçado?

Não! Como já referi, anteriormente, temos uma equipa muito equilibrada tanto a nível defensivo como ofensivo e por isso penso que só mesmo um jogador excepcional é que serviria para reforçar a equipa.

 

A pergunta inevitável e talvez mais complicada. Qual é o teu 5 ideal?

  1. Guardião – Higuita
  2. Fixo – Bruno Alves
  3. Ala – Deco
  4. Ala – Paulo
  5. Pivot - Turtle  

 

 

Qual o teu jogador favorito na ARSQS? Porquê?

O meu jogador preferido na ARSQS é o Paulo, porque penso que é um jogador completo que defende bem e ataca ainda melhor. É um jogador que também tem um passado no futebol de 11, portanto, entendemo-nos. É daqueles jogadores que dá prazer de jogar ao seu lado. Tem uma mentalidade e personalidade fantásticas e ainda bem que está na ARSQS.

 

E qual o jogador com quem menos te identificas?

O jogador com que menos me identifico é o Diego mas também ele teve pouco tempo connosco e não deu tempo para o ficar a conhecer melhor porque era uma pessoa muito fechada.

 

Desde que chegaste à ARSQS, mesmo não sendo uma equipa profissional na verdadeira acepção da palavra, já conseguiste tirar algo de positivo a nível futebolístico ou até mesmo pessoal?

A ARSQS ajudou-me muito principalmente a nível futebolístico mas também pessoal porque em ambos os sentidos “Cresci”. A nível futebolístico deixei de ser a “vedetazinha” que era e passei a ser um jogador que já não passa o jogo todo no chão a refilar com os árbitros, passei a ser um jogador que não desiste, nem fica parado no campo. A nível pessoal o facto de conviver com pessoas mais experientes permitiu-me passar a ser mais objectivo nas questões da vida.

 

Qual o teu sonho de futuro como jogador de futebol/futsal?

Em ambas as modalidades o meu objectivo principal é chegar, em primeiro lugar, às principais ligas nacionais e, num segundo plano, às internacionais. Penso que qualquer jogador que se preze tem de ter objectivos realistas mas também tem de sonhar porque se um jogador não tiver ambições elevadas não vai a lado nenhum.

 

No início da Liga, o objectivo da ARSQS era “fazer o melhor possível”. Com o avançar da Liga, fez-nos sonhar que poderíamos ser campeões? Achas que ainda podemos almejar esse objectivo? Como te sentirás se não conseguirmos?

Penso que temos muitas hipóteses de chegar a esse objectivo. É certo que não dependemos só de nós mas tal como nós escorregamos, os outros também vão escorregar. Temos feito um campeonato muito bom, tirando alguns deslizes que não podem acontecer, que está a surpreender muita gente. Se não o conseguirmos, teremos de tentar a melhor qualificação possível, que nesse caso seria o 2º lugar e acho que nenhum jogador se sentiria desiludido se atingíssemos o 2º lugar.

 

 

 

 

Porquê do teu apelido “Turtle”, se é que nos podes desvendar esse mistério (risos). Além disso, foste peremptório a escolher o número 23 para a tua camisola. Algum motivo especial?

Tudo começou na Escola Secundária António Nobre, em que uma professora de inglês assim me apelidou porque eu tinha uma tartaruga de estimação. A restante turma gostou e pegou. Quanto á escolha do numero, escolhi o 23 porque já me disseram que sou muito parecido com o Beckham na marcação de bolas paradas, principalmente penalties.

 

Na entrevista anterior o Paulo deixou esta pergunta ao próximo entrevistado. És tu que tens de descalçar a bota (risos). Tu sendo um jogador importante na equipa que conselho dás ao mister Carlos para ele se tornar um treinador mais completo?

Ao mister Carlos penso que só falta ser mais interventivo no decorrer do jogo. Não me refiro aos intervalos e descontos de tempo mas sim no período em que a bola está a correr. De resto não tenho mais nada a apontar ao mister.

 

Aproveito para te lançar o mesmo desafio. Que pergunta queres deixar para o próximo entrevistado?

Qual achas que, para ti, é o ponto mais forte desta organização a que apelidamos ARSQS?

 

Achas que a ARSQS é uma estrutura organizada, ou há coisas que mudarias se fosses responsável pela equipa?

Penso que a ARSQS é uma das estruturas mais bem organizadas do mundo do futsal amador. Acho que todas as pessoas por detrás desta equipa estão a fazer um grande trabalho tornando-a uma das principais equipas da FFA. Todas as equipas que vêem a ARSQS elogiam a sua organização dizendo ser uma das melhores, isto quer dizer alguma coisa.

 

Define os teus companheiros numa palavra:

  • Higuita - Seguro
  • Zé Gato - Barulhento
  • Rodolfo – Camera-men
  • Marcelo - Destruidor
  • Sérgio - Calmo
  • Selas - Comunicador
  • Deco – Faz Tudo
  • Mário - Experiência
  • Bruno Alves - Motivador
  • Freitas - Sarrafeiro
  • Ricardo - Nervosinho
  • Paulo - Completo
  • Luis – Esforçado
  • Marto - Rematador
  • Dani - Tecnicista
  • Carlos - Pai

Obrigado pela disponibilidade imediata que tiveste para responder a estas perguntas.

 

 

Abraço

(B.A.15)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ARSQS vs União F.C. (convocatória)

24.02.09

Boas,

 

Mais um jogo, mais uma etapa!

 

Nesta maratona que é a Liga SuperFutsal, o próximo "obstáculo" é a equipa União F.C.

 

Embora na primeira volta tenhamos ganho por 0-3, não pensem que vão ser favas contadas.

O nosso adversário reforçou-se, e bem, para esta segunda volta.

 

Se queremos manter o 2º lugar e, consequentemente, a luta pelo título, não podemos facilitar, como no passado.

 

Sendo assim, aqui ficam os convocados para este jogo:

  • 1 - Higuita (GR)
  • 3 - Marcelo

  • 4 - Sérgio
  • 6 - Ricardo
  • 10 - Luis Marto
  • 15 - Bruno Alves
  • 19 - Paulo
  • 20 - Freitas
  • 27- Zé Gato (GR)
  • 28 - Selas

Abraços

 

Mister

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os Tigres (2) - (5) ARSQS

22.02.09

 

No passado sábado assistimos a mais uma excelente partida de futsal no pavilhão do Cerco do Porto. Duas equipas em busca da vitória com objectivos idênticos...não se afastarem da luta pelo título.

A equipa da casa entrou em campo, ao contrário do que seria de esperar, na expectativa tentado aproveitar o erro da equipa da ARSQS, sendo que a equipa visitante teria muito mais a perder caso não conquistasse os 3 pontos.

Bem cedo a ARSQS, através da marcação de um canto, chegou ao primeiro golo do jogo, algo que se tornaria bastante importante para o resto do jogo aliviando um pouco a pressão de estar a jogar contra uma boa equipa e a necessitar de pontuar. É certo que a vantagem não durou muito tempo, pois numa das raras desatenções da equipa visitante, os anfitriões chegam ao empate.

A partir desse momento, os jogadores da ARSQS apenas se limitaram a cumprir as ordens do mister Carlos, que montou uma estratégia que resultou em pleno a que muito se deveu o sangue frio de todos os jogadores que aliada à excelente atitude defensiva e espírito de sofrimento em equipa, conseguindo o objectivo principal apesar da avalanche atacante da equipa da casa.

Foi um jogo emotivo, com excelente espírito competitivo mas sempre dentro das leis.

Uma nota de relevo à equipa de arbitragem, que esteve em excelente plano.

Neste tipo de jogos não é fácil eleger o melhor em campo pois os marcadores dos golos foram fundamentais, Higuita esteve muito bem defendendo inclusive uma grande penalidade, mas sem duvida e não esquecendo o colectivo, o eleito para melhor em campo pelo nosso mister fui o Luis. A escolha recaiu apenas pelo rigor com que cumpriu o que lhe foi pedido numa fase crucial do jogo.

Uma nota igualmente de relevo que será um agradecimento, à presença do Ricardo no pavilhão do Cerco para nos apoiar.

Temos a consciência da importância deste jogo para o desenrolar da Liga, e vamos aproveitar para fazer uma boa 2a volta...ainda melhor do que a primeira :).

 

Abraço para todos.

B.A. 15

 

 

Um agradecimento especial ao Rodolfo por mais uma filmagem excelente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

ARSQS (3) - (1) G.D. Solnascente

19.02.09

Boas,

 

Noite de Taça, jogava-se a segunda mão, a contar para os Quartos de Final.

O objectivo da ARSQS passava, única e exclusivamente, por assegurar uma vantagem que trazia da primeira mão (7-1).

Obviamente, também se pedia uma vitória e... assim foi!

Estreou-se também a modalidade do jogador/treinador adjunto na ARSQS, neste jogo, o escolhido foi o Paulo.

Esteve impecável quer na gestão do plantel, quer nas indicações que foi dando para o campo.

Incitando os seus jogadores a preocuparem-se mais em jogar em equipa do que a discutir faltas.

Embora todo o colectivo tenha estado em óptimo plano, quero deixar aqui algumas palavras sobre a exibição dos novos reforços (Selas e Sérgio):

 

  •  Selas:
    • Positivo: Entrou determinado no jogo, com movimentações rápidas e com alguns apontamentos individuais ofensivos de grande classe;
    • Negativo: Necessita de melhorar a sua eficácia na finalização e o seu posicionamento defensivo.
  •  Sérgio:
    • Positivo: Excelente posicionamento defensivo. Alguns apontamentos individuais atacantes muito interessantes;
    • Negativo: Necessita de comunicar mais com os colegas em situações defensivas, algo que eu não vi durante o jogo.

 

Por fim de salientar que foi um jogo onde esteve ausente a equipa de arbitragem, mas esteve presente o Fair-Play.

 

Assim sendo, a ARSQS passa às Meias-Finais da Taça da Liga SuperFutsal 2008/09.

 

Abraço,

 

Mister

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ARSQS na Taça da Liga D' Honra

10.02.09

 

 

Boas,

 

É com orgulho e prazer que vos anuncio formalmente que iremos participar na Taça da Liga D' Honra.

 

Esta Taça é uma das mais respeitadas competições do FFA.

Desta vez a ARSQS foi convidada a participar. Vai-se lá saber porquê!

Não sei como é que convidam uma equipa de mancos como nós para ir jogar!

 

Bem! Adiante!

  

 

Esta Taça tem os seguintes moldes: 

  • A fase de grupos a uma mão inicia em Março e deverá estar terminada até 1 de Maio.
  • Em Maio realizar-se-à os Quartos de Final e as Meias-Finais.
  • Em Junho realizar-se-à a Grande Final
  • Não existe custo de inscrição.
  • O custo dos pavilhões (casa ou fora) serão a dividir pelas equipas..
  • O pavilhão da final é seleccionado pela organização que também suporta o seu custo.
     

No passado dia 31 de Janeiro realizou-se o sorteio, ficando as equipas distribuidas da seguinte forma:

 

 

 

Resta agora marcar, com os responsáveis de cada equipa do nosso grupo, os respectivos jogos da fase de grupos.

 

Assim que forem confirmadas datas, horas e locais de jogos, colocarei aqui no blog.

 

Quanto ao objectivo da ARSQS para esta competição, ele passa por chegar aos Quartos de Final.

 

Abraço,

 

Mister

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ranking FFA - Janeiro 2009

10.02.09

 

Boas,

 

Mais um mês passado e mais uma subida!

 

Desta vez foi uma subida de 3 lugares, cabendo-nos agora o 36º lugar no Ranking FFA.

 

Esta subida ainda mais é significativa, pelo facto de o número total de equipas ter crescido de 152 para 161 equipas, de Dezembro 2008 para Janeiro 2009.

 

Parabéns a todos!

 

Abraço,

 

Mister

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os Tigres vs ARSQS (convocatória)

10.02.09

Boas,

 

Devido ao adiamento do jogo ARSQS vs G.D.Solnascente, vimo-nos forçados a cancelar o treino que tinhamos para dia 16/2/2009.

 

Resumindo, ficamos sem treino e, como tal, sem convocatória baseada no treino.

 

Sendo assim, e sem mais demoras, aqui ficam os convocados para o jogo com Os Tigres que se irá realizar no próximo dia 21/2/2009 (sábado) pelas 21:00h na Escola do Cerco:

 

  • 1 - Higuita (GR)

  • 3 - Marcelo

  • 4 - Sérgio

  • 7 - Luis

  • 8 - Deco

  • 13 - Mário

  • 15 - Bruno Alves

  • 19 - Paulo

  • 23 - Turtle

  • 27 - Zé Gato (GR)

Abraços

 

Mister

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ARSQS vs G.D. Solnascente (nova data)

10.02.09

Boas,

 

Devido às fortes chuvas e nevoeiro intenso, não foi possivel realizar ontem o jogo que estava previsto, a contar para a 2ª mão dos Quartos de Final da Taça da Liga SuperFutsal 2008/09.

 

Após negociação com a equipa adversária, árbitros e Organização, o jogo ficou marcado para a próxima segunda-feira (16/2/2009) às 23:00h no Indoor Lionesa.

 

Como tal, os convocados para esse jogo voltam a ser os originalmente escolhidos.

 

E eles são:

  • 1 - Higuita (GR)
  • 3 - Marcelo
  • 4 - Sérgio
  • 6 - Ricardo
  • 10 - Luis Marto
  • 13 - Mário
  • 15 - Bruno Alves
  • 20 - Freitas
  • 27 - Zé Gato (GR)
  • 28 - Selas

Abraço,

 

Mister

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

G. D. Solnascente (2) - (2) ARSQS

10.02.09

 

 

Abraço,

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jantar de Gala - ARSQS 2008

04.02.09

No passado dia 30 de Janeiro realizou-se o Jantar Anual da ARSQS e a respectiva gala de entrega dos prémios relativos ao ano de 2008!

Uma palavra bem especial para o Sr. Vítor, o verdadeiro, que nos serviu o grelhado misto com toda a mestria e boa disposição que se impõe num jantar deste gabarito! Aliás, mais uma vez fomos muito bem recebidos na (e passe a publicidade) Churrasqueira do Conde, em S. Mamede!
Foi fantástico ver a casa cheia, com grande parte do vasto leque de atletas da ARSQS a marcarem a sua presença no festim.
E, para além dos atletas, também é importante referir a presença da comitiva feminina da ARSQS que ajudou a transformar o nosso jantar numa verdadeira gala digna de um clube profissional! (Já não nos fica a faltar tudo para nos transformarmos em profissionais).
Depois do verdadeiro manjar proporcionado pelo nosso serviço de catering, iniciou-se o momento que todos ansiavam…a entrega dos prémios 2008!
Mas antes desse momento, havia ainda que distribuir os Novos Equipamentos a todos os jogadores, para que pudéssemos leva-los para casa, lava-los e engoma-los para o jogo seguinte. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Posto isto, e para apresentar a nossa gala, tivemos ao nosso dispor um misto de Nilton, com José Carlos Malato e uma pitada de Jorge Gabriel. Foi ele, Rodolfo! 

 
 
Durante cerca de 1 hora foram entregues prémios tais como “sarrafeiro 2008”, “melhor jogador do ano” entre outros, em que o Rodolfo pôde contar com a presença das suas assistentes que também elas formam uma mescla de Ana Galvão, Sónia Araújo e Barbara Guimarães, mas em muito melhor plano, claro!!! Obrigado à Susana, à Marta, à Francisca, à Isabel e à Joana.
Para iniciar a noite, nada melhor do que a atribuição do Prémio Amizade que foi entregue pelo Paulo Mouro no seu estilo Fernando Mendes, mas mais magro, à equipa dos FC Matosinhos que se fez representar pelo Pedro Gonçalves e pela Mariana, a quem desde já agradecemos a presença...um abraço, Pedro.
 
 
 
 
Como que se de uma entrada de carrinho se tratasse, apareceu o Prémio “Sarrafeiro do Ano" ...bom, aqui devo-vos dizer que a votação foi muito renhida até porque estava em disputa um só lugar para quatro bons atletas (Mário, Freitas, Marcelo e Bruno Alves). A verdade é que a escolha da apresentadora deste prémio, a Marta (que nos trouxe à memória a Catarina Furtado a apresentar a Operação Triunfo), já indiciava que o prémio iria ficar “em casa”…e assim foi, Freitas venceu o duelo de titãs.
 
 
O Prémio “Chapéu/EDP”, que foi entregue pelo Zé Gato ao estilo Éladio Clímaco in Jogos sem Fronteiras, fez os presentes suster a respiração, pois Moretto ía conseguindo arrecada-lo, quando a votação parecia pender para o Higuita….mas no final todos respiramos de alívio quando Zé Gato pronunciou o nome do nosso guardião!
 
 
O Prémio Revelação, entregue pela nossa Sílvia Alberto, a Joana, foi atribuído sem grandes surpresas ao Turtle que infelizmente não pode estar presente no jantar pois ficou retido no estrangeiro, lá para os lados de Vila Real. No entanto, o jogador Turtle não deixou de gravar a sua declaração de vencedor para as nossas cameras.
Durante a gala, fez-se representar pelo seu empresário, Higuita, que aproveitou para agradecer e pedir um aumento salarial para o seu jogador (já queria receber mais umas lecas).
 
 
Um prémio que realmente mostra o verdadeiro empenho em manter a chama do clube acesa, é o Prémio Carreira que ficou muito bem entregue nas mãos do Alberto Azevedo, chamado ao palco da fama pela Isabel, bem ao estilo da Tânia Ribas de Oliveira!
 
 
Num registo Barbara Guimarães mas em melhor plano, coube à Francisca apresentar o Prémio “Dedicação” que não podia ter ficado mais bem entregue. O prémio não foi entregue a um dos candidatos mas sim a todos eles: César Ribeiro, Carlos Soares, Hugo Cunha (segundo ano consecutivo) e Nuno Castro que nunca deixaram de se empenhar para que todos os jogos semanais se mantivessem num excelente plano. Obrigado a todos eles!!
 
 
 
Houve tempo para subir ao palco o nosso Júlio Isidro de serviço, Marcelo, que nos reavivou o “1001 tardes”, para apresentar o Prémio “Promessa Adiada” que apesar de cobiçado pelo Carlos Rêgo, foi entregue ao Diego.
 
 
 
Mas nem só de homens vive o futebol, e por trás de uma grande equipa e de excelentes resultados existe sempre a força feminina…que foi premiada pelo Prémio “Melhor Fã", que o próprio Rodolfo se encarregou de entregar à Marta por todo o apoio que nos prestou durante a época que passou…Joana, Francisca, Susana, Isabel, etc…não desesperem…para o ano há mais!
 
 
 
Bom, e à medida que a gala se aproximava do final, bem ao jeito de Gabriel Alves, Deco que ainda era o portador do Prémio “Jogador do Ano” de 2007, passou o testemunho! Num resultado surpreendente para muitos, foi Bruno Alves que levou o troféu da noite, sendo coroado pelo empenho demonstrado durante o ano transacto.
 
 
Ainda antes de terminar a noite, o único prémio que não estava no cardápio da organização, foi entregue pela nossa Serenella Andrade, Susana, ao “Treinador do Ano”… bom, obviamente que foi entregue ao nosso Mourinho, Carlos Rêgo! O prémio tinha como objectivo condecorar o nosso mister pelo esforço, dedicação e horas de sono perdidas com a nossa equipa para que tudo funcionasse em pleno!
 
 
Foi um serão muito agradável, onde só faltou mesmo a lareira e o Paulo de Carvalho para dar mais ambiente.

Mas importa deixar mais uma nota de relevo…a noite acabou de forma, diria, no mínimo original, tendo conseguido surpreender quase toda a gente… com a CONTA!!!!

Sim, ao contrário do que todos esperavam e já se comentava nos bastidores, a Direcção da ARSQS não pagou a conta e todos os jogadores e familiares desembolsaram uma boa maquia para pagar o repasto, e a gorjeta do Sr. Vítor…claro!

 

 

Abraços,

 

(B.A. 15)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2




Fregueses (desde 2/11/2008)




Postas de Pescada


Pessoas com "Bom Gosto"


Plantel 2012/2013


Plano de Festas

Carrega no evento para veres mais detalhes

Liga SuperFutsal 2012/2013

Classificação
Últimos Resultados
Próximos Jogos

Videos Caseiros

Canal Youtube Real Portvscale

Imprensa Desportiva

(clica na imagem para aceder à versão digital) Março 2010


Fevereiro 2010


Janeiro 2010


Guia LSF 2010/2011


calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Pesquisar

Pesquisar no Blog